• Pontual Turismo Youtube
  • Pontual Turismo Instagram
  • Pontual Turismo Facebook

QUITO

A surpreendente cidade 
da metade do mundo.

Localizada bem no “meio do mundo”, Quito possui uma ampla variedade de atrações
que agradam ao turista. Rodeada por vulcões andinos e a 2.800 metros de altitude,
a capital do Equador exibe um bem preservado centro histórico, com um estilo que ficou conhecido como ‘barroco de Quito’, uma mistura de influências hispânicas, árabes, flamencas, italianas e indígenas pré-colombianas. Ruas estreitas, casario colonial e uma infinidade
de museus históricos e igrejas imponentes são o convite para explorar a região central da cidade, listada como patrimônio da humanidade pela Unesco.

A PARTIR DE SOB CONSULTA

POR PESSOA EM APARTAMENTO DUPLO

 

1º DIA - QUITO 

Chegada ao aeroporto de Quito, por conta do passageiro (passagem aérea não incluída), recepção e traslado ao hotel para hospedagem. Restante do dia livre para atividades independentes.

Sugestão 01 – Quito e a metade do Mundo (passeio sugerido e não incluído): 

Saída para um passeio ao centro de Quito, para se deliciar com esta joia urbana e seus tesouros de arte e arquitetura. Visita ao bairro colonial de Quito, o maior e melhor conservado da América do Sul, e que foi nomeado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. Em seguida, visita a Praça da Independência, rodeada pela catedral, o Palácio Presidencial, a Prefeitura e o Palácio Arcebispal. Visita à igreja A Companhia de Jesus e seu maravilhoso interior dourado. Em seguida, visita ao monastério de São Francisco, um dos principais monumentos religiosos do Novo Mundo, sua impressionante fachada e átrio, em seu interior, barroco influenciado pelo estilo mourisco, com a virgem alada de Quito em seu altar maior.  Almoço incluído (exceto bebidas) em restaurante local. Em seguida, continuação ao monumento Equatorial, a 25 km ao norte de Quito, que marca a metade exata da terra, latitude 0°, onde se pode ficar com um pé em cada hemisfério. Visita ao museu etnográfico, dentro do monumento que mostra os diferentes grupos indígenas que vivem no Equador. Ao lado do monumento há uma cidade colonial, com sua praça principal, igreja, correios, praça de touros, restaurantes e muitas lojas de souvenires e cartões postais. Ao final do passeio, o certificado de travessia da linha do Equador, será entregue. Retorno ao hotel e restante da tarde livre para atividades independentes.

Importante: visitas às igrejas não são permitidos aos domingos.

Sugestão 02 – Quito como um local (passeio sugerido e não incluído): 

Ou então, sugerimos um dia dedicado à exploração da vida, crenças, gastronomia e tradições da antiga cidade de Quito, a primeira a ser declarada Património Mundial pela UNESCO em 1978. Este passeio permite “conhecer Quito como uma quitenho” visitar lojas, explorar mercados, encontrando curandeiros, caminhando por suas ruas, aprendendo sobre seus habilidosos artesãos. Saída com destino ao Centro Histórico, caminhada pelas ruas próximas, visitando lojas de artesãos, comerciantes, fabricantes de chapéus, o moinho e lojas de doces tradicionais, para interagir com as pessoas que vivem no maior e melhor cuidado centro colonial da América. Subindo a Rua Rocafuerte, para explorar o mercado de São Francisco, um dos mais antigos da capital, onde aprenderemos tudo sobre as frutas e verduras cultivadas no Equador e algumas tradições culinárias. Oportunidade de conhecer e aprender sobre um curandeiro que usa ervas locais em seus tratamentos. Em seguida, começaremos a descer a emblemática Rua La Ronda, considerada um dos projetos de regeneração mais representativos da cidade, uma rua de calçada tranquila, com varandas típicas transbordando de gerânios. Visita ao projeto “Manos en la Ronda” para conhecer de perto os artesãos em suas oficinas. Em seguida, visita a chocolatería no andar térreo, para desfrutar de um delicioso aperitivo e provar o chocolate equatoriano. Continuação para o norte pelas ruas pitorescas do Centro Histórico até a Plaza Grande, o coração político da cidade. Depois de uma breve explicação, continuação da jornada até a igreja jesuíta de La Compañía e seu impressionante interior de folha de ouro. Retorno a Plaza de San Francisco para visitar a igreja, o coro e os belos pátios interiores da ordem franciscana. Em seguida, desfrutaremos de um almoço tradicional equatoriano, preparado pelo talentoso chef do Hotel Casa Gangotena (exceto bebidas). Na parte da tarde, visita ao famoso Museu Arqueológico Casa del Louvado, alojado em uma mansão colonial restaurada do século XVII, que abriga uma fantástica coleção de peças que datam de cerca de 5.000 anos atrás. Logo após, visita a um mirante para apreciar Quito e a Cordilheira dos Andes em todo o seu esplendor.

 

2º Dia - QUITO 

Dia inteiramente livre para atividades independentes.

Sugestão 03 – Floresta Nebulosa de Mindo (passeio sugerido e não incluído): 

O Vale do Mindo está localizado na floresta protegida de Mindo-Nambillo, duas horas por estrada a noroeste de Quito, nas encostas do vulcão Guagua Pichincha. Esta floresta de 19.200 hectares varia de 4700 a 1400 metros acima do nível do mar e mantém diversos ecossistemas, desde o páramo, passando pela floresta de nebulosa, pela floresta subtropical e a tropical. Os guias especialmente treinados guiarão os visitantes pelos mistérios da Floresta Nebulosa, destacando sua flora e fauna únicas. Visita à Reserva de Orquídeas El Pahuma e seu orquidário, com plantas estrategicamente colocadas nas árvores e na vegetação ao longo do caminho, de acordo com o habitat de cada espécie. Em seguida, caminhe por um caminho entre a vegetação exuberante da floresta nebulosa, ao longo de um riacho de águas cristalinas, até uma das cachoeiras do local. Continuação até a vila de Mindo, a uma altitude de 1300 metros, observando os pássaros durante a viagem. Mindo é a primeira Área de Importância das Aves (IBA), na América do Sul. Visita ao borboletário, com 25 variedades de borboletas. As zonas de voo simulam a floresta externa com riachos, depósitos minerais e flores silvestres. Centenas de larvas se alimentam das plantas de seu ambiente natural para garantir o melhor desenvolvimento de pupas e borboletas. Almoço incluído (exceto bebidas) em um restaurante local. Em seguida, tempo livre para uma curta caminhada nos arredores antes do retorno a Quito.

 

3º DIA - QUITO

Dia inteiramente livre para atividades independentes.

Sugestão 04 – Otavalo (passeio sugerido e não incluído): 

Este passeio, o levará ao norte, terra dos otavalenhos e a feira mais famosa da América do Sul. Saída, cedo de Quito em direção a Calderón, pequeno povoado que mantém viva a tradição de elaborar coloridas figuras com massa de pão, representando bonecas, lhamas, flores e alguns enfeites natalinos. Os visitantes podem observar como cada figura é cuidadosamente elaborada à mão com massas de diversas cores e logo após é cozida e passada por verniz. Continuação, pelas diversas paisagens montanhosas da Rodovia Panamericana em direção ao mercado de têxteis de Otavalo. Ali os visitantes desfrutarão das muitas barracas que vendem ponchos, xales, cobertores, tapetes, cintos de tecidos (faixas), chapéus, bolsas e muito mais. Neste mercado, os otavalenhos vendem seus produtos em silêncio, contrastando com o barulho de outros mercados. Tempo livre para negociar os melhores preços. Em Seguida, visita a Peguche, um pequeno povoado indígena muito próximo a Otavalo onde moram artesãos que tecem em suas casas. Os visitantes poderão aprender sobre sua cultura e suas crenças. Almoço incluído (exceto bebidas) em uma das hospedarias ou fazendas locais.

Sugestão 05 – Parque Nacional Cotopaxi (passeio sugerido e não incluído): 

Saída cedo de Quito pela Rodovia Panamericana seguindo na direção sul para visitar o Parque Nacional Cotopaxi, santuário ecológico com 36.000 hectares ao redor do magnífico Vulcão Cotopaxi, que se eleva a uma altitude de 5.897 metros sobre o nível do mar. A paisagem sempre verde da cordilheira equatoriana é um dos maiores atrativos, passando por vales e montanhas com plantações multicoloridas. Após uma hora e meia de trajeto, chegada à entrada principal do parque e continuação por um caminho de terra por aproximadamente uma hora. Uma vez no Parque, palestra introdutória sobre o habitat nesta paisagem andina, sua flora e fauna no pequeno Centro de Interpretação. Continuação até as margens da lagoa de Limpiopungo, onde há variedade de aves e às vezes cavalos selvagens. Em dias claros, pode-se observar o Vulcão Cotopaxi ao fundo. Uma curta caminhada pelos arredores da lagoa permite observar de perto a flora e fauna andina. Almoço incluído (exceto bebidas), em um restaurante local, antes de retornar a Quito.

Importante: O valor da entrada ao Parque Nacional Cotopaxi não está incluso.

 

4º DIA - QUITO

Dia inteiramente livre para atividades independentes. Em horário determinado, traslado ao aeroporto. Chegada e fim de nossos serviços. Até a próxima viagem!!!